Blog do Pr. Afrânio

O PASTOR "BOLA DE FOGO"

O Deus que ouve e vê…

Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas. (2 Rs 20.5.)

A doença era grave e terminal. Estava relacionada com uma úlcera ou tumores (na versão da TEB). Era tão terminal, que Ezequias deveria pôr em ordem a sua casa o mais urgente possível. O rei até então estava em pleno vigor (Is 38.10). Deveria ter 39 anos apenas.

Diante da sentença de morte proferida pessoalmente por Isaías, Ezequias virou o rosto para a parede (para ficar a sós?) e fez duas coisas ao mesmo tempo: orou ao Senhor e chorou muitíssimo. Pediu que Deus se lembrasse de que ele fazia o que era reto aos olhos do Senhor. Não reprimiu nem escondeu a sua emoção.

Isaías ainda não tinha saído do centro de Jerusalém em direção à sua casa, quando Deus o constrangeu a voltar ao palácio para dar a seguinte resposta à oração de Ezequias: “Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas. Pois bem, vou curar-te! Dentro de três dias subirás à casa do Senhor. Acrescento quinze anos a teus dias.” (2 Rs 20.5-6.).

Ezequias sabia orar. Possuía o hábito da oração. Tinha experiência própria de que Deus vê e de que Deus ouve. Numa situação anterior, também muito séria, ele havia pedido a Deus: “Inclina, ó Senhor, o teu ouvido, e ouve; abre, Senhor, os teus olhos e vê” (2 Rs 19.16).

Logo depois da cura maravilhosa, o rei declamou e escreveu um belo cântico, no qual descreveu a sua situação anterior à cura (“roubado estou do resto dos meus anos”) e posterior à graça alcançada (“passarei tranqüilamente por todos os meus anos”). Apenas no final do cântico é que Ezequias usou o verbo na primeira pessoa do plural: “O Senhor veio salvar-me; pelo que, tangendo instrumentos de corda, nós o louvaremos todos os dias de nossa vida na casa do Senhor” (Is 38.9-20).

A notícia da cura de Ezequias deve ter ido longe. O rei de Babilônia enviou-lhe cartas e um presente porque soube que ele estivera doente (2 Rs 20.12). Três anos depois de sua cura, nasceu-lhe Manassés, que foi herdeiro do trono (2 Rs 21.1). Ezequias morreu aos 54, depois de ter reinado por 29 anos em Jerusalém (2 Rs 18.2).

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: