Blog do Pr. Afrânio

O PASTOR "BOLA DE FOGO"

O Jovem Cristão,a Igreja e o pós Modernismo

O tema é oportuno porque os jovens são uma força na vida da igreja, mas desmobilizada. Sua energia está sendo canalizada para o louvor, que muitas vezes é mero entretenimento, e não para o testemunho transformador da sociedade. Por isso, santificação é um tema extremamente necessário de se abordar.

Jovens cristãos devem ser santos sempre, e em qualquer cultura. O Novo Testamento faz apenas uma referência a eles. Está em 1João 2.14, e alude, em termos gerais, à santidade, embora não a citando: “(…) Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o Maligno”. Os jovens do tempo de João eram fortes, tinham a palavra de Deus permanente neles e venciam o Maligno. Isto é resultado de uma vida santificada. Não sei de quantos jovens se diria isto hoje.

Santidade é vital para a igreja hoje. No escândalo de corrupção no Distrito Federal, uma deputada evangélica aparece em uma das gravações embolsando sua propina e saindo lampeira da sala. Até uma oração de gratidão feita por um evangélico, agradecendo o dinheiro desonesto foi gravada e revelada. Muito triste! A igreja perdeu o rumo porque perdeu os valores, perdeu a Bíblia, perdeu a teologia sadia e vive em função de prosperidade e de louvor, entendido como festa. Acabou perdendo a identidade, e vive como o mundo. O estado da igreja é deplorável, e só ela não vê. Ando perplexo com a falta de rumo de igrejas inteiras, de pastores, de dirigentes de culto. Serei honesto: tenho vergonha do nome “evangélico”. A igreja evangélica é mundana. E mundanismo não é beber, fumar, rapaz usar brinco. É ter a cultura do mundo. Em boa parte das vezes, não há diferença entre a maneira como crentes e incrédulos vivem. Muitos membros de igreja não sabem o que é ser igreja, nem a sua responsabilidade como cristãos. Para eles, vida cristã é ir a um prédio e cantar corinhos sob o som absurdamente alto de alguns instrumentos, e voltar para casa. Nós não marcamos o mundo. Não deixamos diretrizes para o mundo, com nossa conduta. Não temos um viver que apaixone o mundo pelo nosso estilo de vida.

Não varro as coisas para baixo do tapete. Todas as vezes que o nome “evangélico” aparece na mídia está ligado a um escândalo. Nunca antes, na história deste país, houve uma corrupção tão cínica. E os evangélicos também têm sido corruptos. Já fomos tidos como gente séria. Hoje, não. O nome que se levou mais de um século sendo construído com dificuldade foi jogado na lama. Precisamos de gente séria, honesta, íntegra, mais interessada em viver o evangelho e servir a Deus do que ser abençoada e prosperar. Precisamos mais de servos que de adoradores. Cultos barulhentos não significam espiritualidade, e mascaram a doença da igreja.

Talvez eu desagrade, mas não me preocupo em agradar e fidelizar clientela. A igreja evangélica no Brasil está doente. Precisa de um tratamento sério, que começa com consciência de pecado, arrependimento, confissão e pedido de perdão. Aí será santa. A igreja precisa chorar seus pecados, antes de celebrar.

Serei fiel ao tema. Falei do estado espiritual da igreja porque precisamos de santificação e está na hora dos jovens terem uma postura mais envolvente com a igreja, não só em louvor, que tem sido sua reserva de mercado dos jovens, ao seu estilo musical, e pensarem em levantar a igreja do estado espiritual em que ela se encontra. Mas trato agora das marcas mais notáveis da cultura pós-moderna, para nos situarmos melhor. Depois ajuntarei as pontas.

PÓS-MODERNIDADE, O QUE É ISSO?

Pós-modernidade é uma atitude intelectual que se expressa numa série de expressões culturais que negam os ideais, princípios e valores que constituem o suporte da cultura ocidental moderna. É a época em que vivemos, um modismo, mas é o que rege nossa cultura.

Ajude a Assembléia de Deus Shalom a Realizar Missões no Piauí deposite qualquer quantia:

Banco: Caixa Econômica Federal

Agência: 0699

Op: 013

Conta Poupança: 00072844-0

* Pastor:Afrânio Medeiros

ASSEMBLÉIA DE DEUS SHALOM (PIRIPIRI – PI)

E-mail:pastor.afranio@yahoo.com.br

“O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” Jo 15.1

Navegação de Post Único

3 opiniões sobre “O Jovem Cristão,a Igreja e o pós Modernismo

  1. Andréia e Wagner em disse:

    Concordamos plenamente com suas colocações. É impressionante o que vem acontecendo em nossas igrejas, e o pior é ver que os pastores não se importam com a degradação do evangelho. O mundanismo invadiu nossos cultos , e tudo bem, eles não levam em consideração o imenso sacrificio feito pelos primeiros missionários em nosso país. Mas eu tenho para mim que essa falta de respeito à tamanho empenho do passado, é que hoje o trabalho já foi feito, e estragar é mais fácil que construir. Que o Senhor Nosso Deus continue lhe guardando e abençoando em nome de Jesus. Andréia e Wagner.

  2. Filipe Constantino em disse:

    Olá, a Paz do Senho!
    Achei muito bom o comentário. Todo o que você falou é verdade, principalmente, que a força dos jovens cristãos de hoje está focado no louvor. Meu Deus, isso precisa mudar!.
    Que Deus te abençoe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: